Primeiro discurso de Iuri Gagarin sobre seu voo espacial

Por Iuri Alekseevich Gagarin, traduzido por Vinícius Azevedo via Marxists Internet Archive 

Quatro dias após Iuri Gagarin retornar de seu voo, o governo soviético realizou uma coletiva de imprensa destinada ao seu país e ao mundo. O discurso e a introdução pelo cientista soviético A. N. Nesmeyanov foram fielmente gravados por um tradutor da NASA. Apresentamos abaixo um excerto da introdução e o discurso completo de Gagarin.


N. Nesmeyanov: “Tudo é simbólico nessa conquista. O fato que o primeiro cosmonauta é um cidadão soviético, o fato de que a primeira espaçonave carregando o Major Gagarin foi chamada de ‘Vostok’, que significa Leste ou Amanhecer, e também o fato de que esse voo foi completado numa manhã, tudo isso é simbólico. Dessa forma, essa manhã se tornou uma manhã de uma nova era. A partir de agora o dia 12 de abril de 1961 estará conectado com a conquista que foi efetuada por Iuri Alekseevich Gagarin[1]. Todo o voo ao redor da Terra foi completado em 108 minutos, e esses minutos abalaram o mundo”.

***

Muitas pessoas estão interessadas na minha biografia. Li nos jornais que algumas pessoas irresponsáveis nos Estados Unidos da América, que são parentes distantes da nobreza Gagarin, consideram que eu sou um de seus filhos. Eu terei que desiludi-los. Eles agiram muito estupidamente. Eu sou um simples homem soviético. Nasci em 9 de março de 1934 numa família de camponeses. O local onde nasci é na região de Smolensk. Não existem príncipes ou nobres na minha linhagem familiar. Antes da Revolução meus pais eram camponeses pobres. A geração mais velha da minha família, meu avô e minha avó, também eram camponeses pobres, e não havia príncipes ou condes na nossa família. Portanto, serei forçado a desiludir meus autonomeados parentes na América.

Eu frequentei a escola primária, e depois a escola manual em Lyubertsy, perto de Moscou. Depois disso, frequentei o ensino técnico industrial de Saratov para me tornar um projetista de fundição.

No entanto, meu sonho mais antigo era de tornar-me piloto. Simultaneamente à minha graduação no ensino técnico, em 1955, completei meus estudos no aeroclube de Saratov. Em seguida fui aceito na Escola de Aviação de Orenburg, a qual me graduei em 1957 e garanti o título de piloto de caça da força aérea. Servi em um dos ramos das Forças Armadas Soviéticas.

A meu próprio pedido, fui aceito como candidato a cosmonauta da União Soviética. Como podem ver, após a seleção me tornei um cosmonauta.

Passei por um período de preparações adequadas que foram projetadas pelos nossos cientistas. Isso foi descrito em detalhes pelo presidente da nossa Academia de Ciências. Passei com sucesso em todos os preparativos, aprendi a técnica necessária e estava pronto para o voo cósmico.

Estou muito feliz e imensamente grato ao nosso partido e ao nosso governo por me confiar este voo. Completei esse voo em nome da nossa pátria, em nome do grande povo soviético, e do Partido Comunista da União Soviética.

Antes do voo eu estava bem de saúde e me sentia muito bem. Tive total garantia no sucesso deste voo. Nossa técnica é muito confiável e eu, assim como meus camaradas, cientistas, engenheiros e técnicos não duvidamos nem por um minuto da conclusão bem-sucedida.

Meu estado de ser durante o voo foi excelente. Durante a parte ativa, quando a espaçonave foi injetada na órbita, os efeitos da gravitação, vibração e ruído, bem como outros fatores do voo cósmico, não influenciaram minha condição. Consegui trabalhar produtivamente de acordo com o programa que foi designado para este voo. Após a injeção em órbita, quando o foguete transportador foi separado, iniciou-se um estado de ausência de peso. No início essa sensação era um tanto desagradável, apesar do fato que, antes do voo, fui submetido a curtos períodos de ausência de peso. No entanto, isso não durou muito e, à medida que me acostumei com essa condição, continuei a realizar o programa.

Na minha opinião, o efeito da ausência de peso não tem influência no estado normal do organismo e nas funções fisiológicas de um organismo humano.

Durante o voo, comi e bebi água, mantendo um contato contínuo de rádio com a Terra em vários canais, além do telefone e telégrafo. Observei a área circundante, acompanhei o funcionamento das instalações a bordo da nave espacial, reportei à Terra e registrei observações e outros dados em meu diário de bordo, bem como em um gravador. Meu estado de ser durante todo o período de ausência de peso foi excelente.

Então, de acordo com o programa do voo, foi dado o comando para a descida. A espaçonave foi ajustada automaticamente, a instalação de frenagem foi ativada e a velocidade do voo começou a diminuir. A nave pousou em segurança, e me deu grande prazer encontrar imediatamente meu povo soviético. O local do pouso foi em uma área pré-selecionada em nosso país.

Eu gostaria de contar a vocês um pouco do que observei.

A visão da Terra de uma altitude de 175-300 km é muito nítida. A superfície da Terra parece aproximadamente a mesma vista de um avião a jato voando alto. Claramente distintivos são as grandes cadeias de montanhas, os grandes rios, as grandes áreas florestais, as costas e as ilhas.

As nuvens que cobrem a superfície da Terra são muito visíveis, e a sua sombra na Terra pode ser vista distintamente. A cor do céu é completamente preta. As estrelas nesse fundo preto parecem ser mais brilhantes e claras. A Terra é cercada por um halo azul característico. Este halo é particularmente visível no horizonte. De uma coloração azul clara, o céu mistura-se em um belo azul profundo, depois azul escuro, violeta e, finalmente, completamente preto.

Quando saí da sombra da Terra, os raios do sol penetraram na atmosfera da Terra. Nesse ponto, o horizonte da Terra era azul escuro, violeta e finalmente preto.

A transição para a sombra da Terra ocorreu muito rapidamente. A escuridão veio instantaneamente e nada pôde ser visto. Obviamente, a espaçonave passou sobre o oceano durante esse período de tempo. Se a espaçonave tivesse passado sobre as grandes cidades, provavelmente eu teria sido capaz de ver as luzes dessas cidades. As estrelas eram bem visíveis.

A saída da sombra da Terra também é rápida e nítida.

Como eu estava preparado para isso, a influência dos fatores do voo cósmico foi muito bem suportada. Agora me sinto excelente.

Eu gostaria de enaltecer aqui os nossos projetistas, engenheiros e técnicos soviéticos, bem como toda a nação soviética, por criarem a notável nave espacial ‘Vostok’, seu notável equipamento e poderoso foguete transportador que colocou uma enorme nave espacial em órbita.

Eu estou imensamente orgulhoso por minha amada pátria ter sido a primeira na história a penetrar o cosmos. O primeiro avião, o primeiro satélite, a primeira nave cósmica e o primeiro voo tripulado ao espaço, são etapas do grande caminho da minha pátria rumo à conquista dos mistérios da natureza.

Planejamos voar um pouco mais e pretendemos conquistar o espaço cósmico como deve ser feito.

Pessoalmente, gostaria de voar um pouco mais para o espaço. Eu gosto de voar. Meu maior desejo é voar em direção a Vênus, em direção a Marte, que é um voo e tanto.


Nota

[1] A partir do sistema de transliteração do cirílico elaborado por Fishuk (2014), temos Iuri Alekseevich Gagarin como correspondente a Юрий Алексеевич Гагарин.

Compartilhe:

Posts recentes

Deixe um comentário