Etiqueta: racismo

O Partido Comunista e a Libertação Negra na década de 1930

Por Paul D’Amato, via International Socialist Review, traduzido por Edmundo Dantez Uma visão comum na esquerda é a de que o marxismo sempre ficou aquém do esperado na luta contra o racismo. Como se a política da luta de classes “privilegiasse” a classe sobre a raça, sob o argumento de que a raça não é

Leia mais »

A mãe preta e seu bebê

Por Pierre Monteiro Lessa “O bebê negro, está claro, não é menos desejado que o bebê branco, para sua mãe que, inconscientemente, deseja o filho. Mas a criança do projeto e do desejo da mãe certamente não está representada no pequeno corpo negro, que o olhar materno, inconscientemente, tende a negar. A mãe negra deseja

Leia mais »

Por que Marxismo Negro, por que agora?

Por Robin D. G. Kelley via Boston Review. Traduzido por Anna De Ruijter A ameaça do fascismo cresceu diante dos nossos olhos. Black Marxism nos ajuda a combatê-la com maior clareza, com uma concepção mais abrangente da tarefa diante de nós e com ainda mais perguntas.

Leia mais »

As massas negras e a luta pelo socialismo mundial

Por J.R Johnson/C.L.R James, via Marxists.org. Traduzido por João Victor Oliveira O marxismo, em todas as questões fundamentais, sempre parece aos burgueses estar colocando as coisas de cabeça para baixo. O burguês pensa que a mentalidade de um homem molda seu ambiente; O marxismo mostra que é seu ambiente que molda sua mentalidade. O burguês pensa (ou finge

Leia mais »

Libertação negra e a Internacional Comunista

Por John Riddell, via ISR, traduzido por Marcella Torres   Um dos eventos mais importantes da história negra dos Estados Unidos ocorreu na distante Moscou no início dos anos 1920. Lá, em uma conferência que reuniu revolucionários de todo o mundo, dois revolucionários negros lideraram o Quarto Congresso da Internacional Comunista (Comintern) na adoção de

Leia mais »

Medo e incerteza

Texto de Huey P. Newton, via Marxists.org, introdução Luan Cardoso Ferreira* e tradução de Edson Mendes**. “O homem preto de baixo nível socio-econômico é um homem confuso. Ele encara um ambiente hostil “e não tem certeza se são seus próprios pecados que atraem a hostilidade da sociedade”. Toda sua vida ele foi ensinado (explícita e

Leia mais »