Etiqueta: Marxismo

Capitalismo, forma tecnociência e subjetividades no pós-fordismo

Por Maria Eduarda Sampaio de Sousa[1] e Pedro Henrique Juliano Nardelli[2] A valorização do valor é a base do modo de produção capitalista, que tem a forma-mercadoria seu elemento fundamental. Neste trabalho, é apresentada uma tese que aponta a existência de uma forma-tecnociência diretamente derivada da forma-mercadoria e necessária ao Capital. 

Leia mais »

O marxismo de 68

Por David Pavón-Cuéllar, via blog do autor, traduzido por Reginaldo Gomes Intervenção apresentada com o título “El 68 fue también marxista” como réplica à conferência “El 68 no fue marxista” de Patrick Llored, professor da Universidade de Lyon, em 31 de outubro de 2018, no Coloquio Internacional Movimientos Sociales: a 200 años de Marx y

Leia mais »

O Comunismo, a Igreja e o Estado

Por A. K. Voronski, via marxists.org, traduzido por Guilherme Henrique. “Somente em Moscou o número de Igrejas é quarenta vezes quarenta. E quantas delas não se encontram em toda a Rússia? E para quem todos rezam? Para seus mestres.” Das histórias de A. Budichtchev O comunismo não é apenas uma doutrina social e política. O

Leia mais »

O Freudismo e os “Freudo-marxistas”

Por A. Stoliarov, via marxists.org, traduzido por Bruno Bianchi O comunismo deve enfim compreender que não se pode racionalizar tudo de toda a vida do homem […] Somente o freudismo, colocando na base do processo histórico o homem considerado como uma força criadora, pode afastar este perigo. Ele salvará a cultura ao não se ajoelhar

Leia mais »

Althusser: manual de instruções

Por Panagiotis Sotiris, traduzido por Reginaldo Gomes A obra de Althusser não sofreu por ter caído no esquecimento ou por ter sido ignorada: ao contrário, ela sofreu por ser um pensamento “bem conhecido”. Ou como disse Hegel, “o que é bem conhecido em geral, justamente por ser bem conhecido, não é conhecido.” Todos pensam ter

Leia mais »

Politzer: por uma psicologia concreta

Por José Paulo Netto, via Blog da Boitempo. Nota editorial: George Politzer foi um filósofo francês, militante marxista e autor de brilhantes reflexões sobre a psicologia e a psicanálise. Por ocasião dos 80 anos de seu assassinato pela Gestapo nazistas, em 23 de maio de 1942, rendemos homenagem por meio da republicação deste breve artigo

Leia mais »

Lukács: tempo e modo

Por José Paulo Netto[1] O valor da obra de Lukács radica, assim, no fato de haver recolhido, no confronto com a modernidade, o nódulo dos problemas contemporâneos, enlaçando-os com sua gênese e perspectivando-os como específicos de uma etapa crucial em que a humanidade aposta o seu destino. “A verdade é o todo. Mas o todo

Leia mais »

Base e superestrutura: um modelo para a análise e a ação

Por Derek Ford, via Liberation School, traduzido por Marcella Torres Embora o próprio Marx só tenha mencionado a “base” e a “superestrutura” em (pelas minhas contas) duas de suas obras, o “problema” da base-superestrutura continua sendo uma fonte de séria discórdia para os marxistas, nossos simpatizantes e nossos críticos. Apesar de seu papel descomunal nos

Leia mais »